As vendas diárias na primeira quinzena de abril tiveram uma queda 33,2% em relação ao mesmo período do ano passado. Foram vendidos 111.039 carros e comerciais leves, contra 166.233 na primeira quinzena de abril de 2014.

A média diária na quinzena foi de 9.253 unidades, o que indica um mês desastroso em vendas no varejo. Se essa média diária for mantida até o fim do mês o setor vai registrar um volume abaixo das 200 mil unidades, situação registrada pela última vez em fevereiro de 2009, em plena crise econômica, quando foram vendidos 191 mil carros.